10 dicas preciosas para a prática esportiva ao ar livre

Está sem dinheiro para uma academia? Não tem problema, a cidade é uma grande academia

12/12/2017



Você se empolgou com a ideia de fazer exercícios ao ar livre pagando zero reais por mês? Ótimo! Que tal tomar nota de 10 dicas para que a sua atividade física fique ainda mais prazerosa e segura.

 

Ícone de relógio

Local e horário para fazer
De preferência, faça o exercício em lugares iluminados e seguros, em momentos com menor fluxo de pessoas. Para quem vive em grandes cidades, escolha horários de menor tráfego de veículos e poluição (antes das 7h e depois das 20h).

Ícone de crônometro

Tempo ideal
Tempo ideal de exercício: entre 40 e 45 minutos, com 60 minutos como limite para cada sessão de treino.

Ícone de planilha de treinamento

Planeje o treino
Organize séries e repetições à medida em que conhece e testa o espaço, fazendo movimentos de acordo com seu corpo, condicionamento, históricos de prática esportiva, lesões e doenças. Aumente aos poucos, sempre se respeitando.

Ícone postura de uma pessoa

Qualidade no exercício
Concentre-se em fazer a postura e o movimento corretamente. Se cansar, não há problema em parar e tentar alguns segundos depois ou em outro dia. Preste atenção se sua respiração está muito ofegante, isso pode ser sinal de fadiga ou de que o treino está muito intenso. Busque se conhecer e se aceitar.

Ícone pessoa contraindo o abdômen

Controle do abdômen

Preste atenção e contraia a região do abdômen durante os exercícios. Isso aumenta a chance de manter a postura correta.

Ícone de um coração feliz

Histórico médico influencia
Exercícios isométricos não são recomendados para cardíacos. As posições em que se fica estático por um tempo, como o agachamento ou a prancha, aumentam a pressão e a frequência cardíaca.

Ícone que representam dois olhos

Exercício sem supervisão? Nem pensar
Como muitas pessoas têm problemas nas costas, exercícios para o abdômen sem supervisão de profissional podem ser difíceis de realizar, causar dor e prejudicar ainda mais a sua postura.

Ícone de uma pessoa com dores em uma perna

Dor pode ser normal...
Quem está sedentário vai mesmo ficar com partes do corpo doloridas. As dores só não podem atrapalhar as atividades do dia a dia. Você pode estar fazendo o exercício com um movimento ou uma postura errada, gerando lesão ou pegando pesado, em quantidade ou intensidade.

Ícone de um pé enfaixado

Mas não pode ser desprezada
Sentiu alguma dor ou desconforto? Diminua a intensidade, pare de fazer e, se for o caso, encerre a atividade. Se as dores persistirem depois do treino, procure perceber se está fazendo o movimento corretamente. Em suspeita de lesão, procure um posto de saúde ou um médico.

Ícone de um braço demonstrando força

Empodere-se
Use a internet para descobrir outros exercícios físicos e mais detalhes e troque uma ideia com um profissional de educação física de sua confiança. Mas, leve mais em consideração se eles podem fazer mal a alguma parte do seu corpo do que o resultado final.

Recado importante: assim como consultamos profissionais de educação física para mostrar que é possível fazer exercícios fora da academia, você deve seguir o mesmo caminho. Está com alguma lesão ou tem alguma condição médica que imponha alguma limitação? Visite um médico também.


Compartilhe:

0 Comentários:

Comentário enviado
para aprovação