10 vezes em que você fazia exercícios e nem desconfiava

Descubra situações da rotina que equivalem ir à academia: você pode estar malhando sem saber

04/12/2017



Não sobra tempo para a academia? Sem problemas. Listamos atividades simples do cotidiano que ajudam o corpo a se movimentar, como se fossem verdadeiros exercícios físicos. Você, provavelmente, já faz algumas dessas atividades e nem imaginava os benefícios.

 

Para montar parte desta lista, contamos com sugestões de Ana Paula Feitosa. Ela é assistente técnica da gerência de Esportes do Sesc-SP e cuida de programas de incentivo à pratica de atividades físicas regularmente – o que é essencial no bem-estar do dia a dia.

 

Você também faz exercício...

Quando você deixa o carro na garagem

Quando você deixa o carro na garagem

Deixar o automóvel na garagem não é só uma forma de economizar em combustível e estacionamento. Caminhar e incluir outras modalidades (transporte público ou bicicleta) no deslocamento, aumenta o seu nível de atividades físicas e as chances de bem-estar. E para quem não tem carro e já uso o transporte público, que tal botar um pouco mais de caminhada no seu trajeto?

Quando você passeia com o cachorro

Quando você passeia com o cachorro

Uma volta diária de 15 a 20 minutos com seu cachorro, por mais despretensiosa que pareça, com pausas e num ritmo leve, já ajuda a manter seu corpo ativo. Contribui para sair do ócio, para a melhora da circulação sanguínea e também do tônus muscular. Sem falar na satisfação e saúde do pet.

Quando você pedala

Quando você pedala
As bicicletas vêm ganhando cada vez mais adeptos em todo o país. Mesmo que seja só uma saída por semana, por lazer ou para ir até o trabalho, a pedalada é altamente recomendada. Além de prazerosa, pode ser o primeiro passo para a prática esportiva regular.

Quando você se diverte

Quando você se diverte

O tempo livre após uma semana desgastante pode ser usado para descansar. É justo e compreensível. A opção pelo lazer em atividades que exigem algum movimento, como algumas braçadas na piscina ou uma pelada de futebol, configura atividade física.

Quando você brinca com seus filhos

Quando você brinca com seus filhos

Pais e mães costumam ser verdadeiros heróis e heroínas. Não é exagero. Além do trabalho e do cuidado com a casa, alguns esbanjam energia nas brincadeiras com os pequenos. Carregam no colo, nos ombros, levantam, agacham, correm – haja fôlego! Isso exige – e muito – do seu corpo (principalmente das costas).

Quando você sobe as escadas

Quando você sobe as escadas

Trocar o elevador por escadas é uma prática comum quando se pensa em formas de aumentar a quantidade de atividade física. Existe até uma prática esportiva chamada corrida vertical, numa disputa do primeiro ao último andar. Comece com alguns degraus, sem exagerar.

Quando você faz a faxina

Quando você faz a faxina

Limpar os cômodos da casa pode ser uma atividade trivial, mas não há dúvidas de que varrer, aspirar, esfregar, secar, levantar e empurrar movimentem demais o corpo. Você exercita braços, costas, ombros, pernas, ainda que com o auxílio de instrumentos de limpeza.

Quando você toca um instrumento musical

Quando você toca um instrumento musical

Como é? Ensaiar com a banda, tirar aquela música ou improvisar uma melodia não são exatamente consideradas atividades físicas. No entanto, enquanto você se diverte, concentrado nas notas e na repetição harmônica, realiza um esforço e se movimenta um bocado.

Quando você dança

Quando você dança

Balançar as pernas. Mexer o esqueleto. Ou até bailar. Os sinônimos de dançar estão diretamente ligados com a ideia de movimentação. E é isso mesmo o que acontece. Por gerar prazer a quem pratica, é considerada porta de entrada para outras atividades físicas.

Quando você pratica ioga

Quando você pratica ioga

A procura pela ioga está em alta. A prática é considerada como um meio para diminuir o estresse e equilibrar o funcionamento do organismo. Ao mesmo tempo, é também uma atividade que proporciona melhorias na qualidade de vida e bem-estar, de forma geral.


Compartilhe:

0 Comentários:

Comentário enviado
para aprovação