4 atividades de lazer que também são bons exercícios

Aproveite os fins de semana e as férias para se divertir com essas atividades que fazem bem à saúde

04/07/2018



Para quem está sem tempo para fazer exercícios durante a semana, a chegada das férias de julho (ou do final de semana) é uma boa oportunidade de começar a se mexer. Isso não significa necessariamente se inscrever na academia. Sair para se divertir consigo, com os amigos ou com os filhos também conta como exercício - o que vale é se mexer! Se estiver sem ideias, confira essas quatro dicas de atividades que nem parecem exercícios, listadas pelo mindbodygreen (conteúdo aqui, em inglês).

 

 

Explorar a cidade de bicicleta

Dar uma volta com a magrela é uma boa maneira de explorar novos espaços na cidade e sair daquele mesmo caminho de todo dia. Para variar ainda mais, que tal chamar mais gente e pedalar em lugares ainda desconhecidos? Um bom incentivo é ter em mente que andar de bicicleta ajuda a estabilizar o nível de açúcar no sangue e aumenta sua resistência aeróbica.

 

Sair para dançar

Dançar não é apenas divertido: também pode fazer bem à saúde por ser um bom exercício cardiovascular. Além disso, os movimentos de dança fortalecem os ossos que suportam nosso peso (como o fêmur) e, quando repetidos várias vezes, melhoram o tônus muscular, a postura e a resistência de vários ligamentos.

 

Caminhar no tempo livre

Por que não aproveitar aquele tempinho depois do almoço e dar uma caminhada, como fazem os italianos? Andar é uma atividade bastante subestimada, mas é um excelente exercício físico e uma boa maneira de entrar no mundo das atividades físicas. E tem mais: as caminhadas reduzem a ansiedade e aumentam nossa expectativa de vida.

 

Dar um mergulho

Para quem vai viajar nas férias, outra atividade de lazer que pode entrar no dia a dia é a natação. Se tiver uma piscina por perto, aproveite para dar umas braçadas - além de ser um ótimo exercício cardiovascular, é uma atividade de baixo impacto para as nossas articulações e melhora tanto a concentração como o controle da respiração.


Compartilhe:

0 Comentários:

Comentário enviado
para aprovação