5 dicas para começar a praticar corrida

Quais são os cuidados necessários para evoluir bem e não se lesionar

05/02/2020



Na teoria, correr parece ser bem fácil: basta amarrar o tênis e começar o exercício. Mas, na prática, começar a correr sem tomar alguns cuidados pode acabar causando lesões e dores que nos obrigam a parar com essa atividade física.

 

Para que isso não aconteça, confira essas cinco dicas dadas pelo ortopedista Leandro Gregorut, do Hospital Sírio Libanês, em um artigo de O Liberal.

 

 

Comece caminhando

Correr logo de cara não é indicado porque o esforço feito na corrida estressa as articulações e desalinha a musculatura que ainda está fraca, o que pode levar a dores nos pés, tornozelo e joelho, explica Gregorut. O ideal é começar fazendo caminhadas de 30 minutos de três a quatro vezes por semana,

 

Aumente o ritmo aos poucos

Quando as caminhadas ficarem fáceis, passe para o próximo passo: tente trotar em um ritmo que te deixe ofegante. Gregorut recomenda fazer essa intensidade de exercício durante quatro semanas e depois ir aumentando gradativamente a velocidade ou o tempo de exercício.

 

Faça musculação

Exercícios de força ajudam a preparar o corpo, por isso Gregorut recomenda fazer fortalecimento muscular do quadril, do joelho, do pé e do tornozelo pelo menos duas vezes por semana.

 

Aqueça e alongue

Antes de correr, faça um aquecimento --que pode ser um alongamento ou uma caminhada de 15 minutos. Depois do exercício, faça também alguns minutos de alongamento.

 

Alimente-se bem

Nada de jejum: antes de sair para correr, alimente-se com carboidratos, pois são eles que dão energia aos músculos durante o exercício. Depois do exercício, coma carboidratos e proteínas, que ajudam na recuperação muscular. E não se esqueça de beber água.


Compartilhe:

0 Comentários:

Comentário enviado
para aprovação