6 dicas para começar a se exercitar após os 50

Escolha uma atividade diferente, convoque amigos e motive-se para deixar o sedentarismo para trás

05/04/2018



Sair do sedentarismo é bom em qualquer idade. Depois dos 50, então, traz ainda mais benefícios, como desacelerar o envelhecimento e reduzir o risco de demência, como dissemos aqui e aqui.

 

Até mesmo quem nunca fez exercícios na vida pode começar em qualquer idade, aponta o NextAvenue (conteúdo em inglês). Confira, a seguir, sete dicas para começar a se exercitar após os 50 e levar uma vida mais ativa.

 

Use o calendário

 

Marcar os melhores dias e horários da semana para se exercitar é um bom estímulo para criar essa disciplina. Em geral, programar-se para fazer isso de manhã aumenta as chances de não desistir. Mas o melhor mesmo é escolher o horário que mais se encaixe na sua rotina.

 

 

Chame amigos

 

Pesquisas mostram que ter companhia aumenta as chances de não desistir dos exercícios. Convoque seu marido, esposa, um amigo ou familiar para ir com você e ganhar motivação. "Quando eu era mais jovem, fazia muita coisa sozinho, mas hoje a parte social tem um papel muito maior naquilo que eu gosto de fazer", afirma o aviador aposentado Chris Kelly, 64 anos.

 

Eleve a barra

 

O esforço compensa. Fazer um treino desafiador em intervalos em vez de ficar na estável esteira aumenta o prazer que temos ao fazer exercícios, afirma um estudo publicado na PLoS One (conteúdo em inglês). Quando a gente se sente bem, maiores são as chances de voltar a se mexer no dia seguinte.

 

Seja criativo

 

Não gosta de academia? Encontre uma atividade diferente para fazer, como Zumba ou stand up paddle. "Tente coisas novas e veja do que você gosta", diz Danielle Wadsworth, professora-assistente da Universidade de Auburn, nos Estados Unidos.

 

Proteja seu corpo

 

Faça sua atividade predileta, mas não esqueça de incluir exercícios que melhorem a amplitude do movimento, como alongamento e ioga. Musculação também é importante, especialmente para mulheres, diz Wadsworth.

 

Desenvolva sua motivação

 

Quem faz exercícios só por razões externas, como perder peso, acaba desistindo mais facilmente do que quem tem uma motivação intrínseca. Prestar atenção à sensação de mexer o corpo e a satisfação ao fim do treino podem ajudar a desenvolver esse tipo de motivação.

 


Compartilhe:

0 Comentários:

Comentário enviado
para aprovação