6 dicas para voltar a se animar para correr

Sim, é possível retomar a motivação quando deixamos o treino de lado por muito tempo

25/10/2018



Quando damos a largada para o hábito da corrida, a empolgação está no nível máximo. Mas, alguns meses depois, às vezes estacionamos, às vezes temos de interromper a rotina de treino por causa do dia a dia, e essa animação acaba arrefecendo. Mas dá para voltar a se empolgar e recomeçar a corrida seguindo essas seis dicas listadas pelo Greatist.

 

Lembre-se da linha de chegada

 

Uma das melhores sensações que a corrida proporciona é aquela que sentimos ao cruzarmos a linha de chegada de uma competição. Quem está parado esquece desse prazer, então por que não ir para uma competição para relembrar? Não é preciso correr, basta escolher uma prova e ficar ali na linha de chegada observando as pessoas e seu orgulho por completar o trajeto. "Não há nada como ver outras pessoas passando por essa experiência", diz a maratonista Jessica Sebor.

 

 

Convoque um companheiro

Chamar alguém para correr com você pode ser uma boa maneira de voltar a se apaixonar pela corrida --e até vê-la com outros olhos. Além disso, essa parceria ajuda você a manter o comprometimento com os dias e horários de treino e, claro, a se divertir mais. "Correr com amigos faz o exercício se parecer mais com um encontro do que com uma tarefa", diz Sebor.

 

Pense na recompensa

Se você é do tipo competitivo, nada melhor para reacender a motivação do que pensar em recompensas por manter o compromisso com os exercícios. A personal trainer Lauren Seib dá uma dica: estipule um valor e transforme-o em moedas de R$ 1 ou notas de R$ 2. A cada vez que você pular um treino, tire uma nota ou uma moeda do pote. "No final do mês, use o dinheiro que ficou para fazer algo que você gosta, como uma massagem ou um jantar", diz. Quer subir a barra? Aposte com seu companheiro de corrida que quem pular mais treinos no mês paga o jantar para o outro.

 

Divirta-se no asfalto

Quando correr ficar monótono, pense em variações que tornem o treino mais divertido. Uma maneira de fazer isso é realizar um exercício de força no meio da corrida --como cinco flexões a cada banco do parque. Outra dica é mudar de rota de tempos em tempos. Sem inspiração? Peça dicas para os amigos em suas redes sociais e converse com o seu instrutor.

 

Volte devagar

Quem fica muito tempo parado corre o risco de se lesionar se sair correndo com muita energia. "O retorno requer treino consistente e gradual para permitir que o corpo comece a responder", explica o ortopedista Michael Ryan. Para evitar lesões, comece fazendo pequenas distâncias. "A recomendação é não aumentar a quilometragem em mais de 30% por semana", diz Miho Tanaka, diretora do programa de medicina esportiva do Hospital Johns Hopkins.

 

Pratique a gratidão

Mentalizar a gratidão traz efeitos positivos para a nossa saúde mental e para a física também — segundo Sebor, isso nos ajuda a reacender a chama do interesse pela corrida. "Quando estou sem vontade de sair, lembro a mim mesma quão sortuda sou por poder me movimentar e fazer esse exercício", diz Sebor. "Parece bobo, mas sorrir durante a corrida faz a gente se sentir melhor. Depois do treino, agradeça-se por fazer uma coisa boa para a sua mente e para seu corpo."


Compartilhe:

0 Comentários:

Comentário enviado
para aprovação