Beber depois de treinar prejudica os músculos

Se você está pensando em ganhar massa muscular, é melhor pegar leve no consumo de álcool

21/09/2018



Depois de bater bola ou fazer um treino pesado e cansativo, por que não repor os carboidratos com uma cervejinha? De vez em quando, até vai. Mas sem abuso: o álcool também pode prejudicar a recuperação e o fortalecimento dos músculos, explica um artigo publicado no Greatist (leia aqui em inglês).

 

Quando bebemos, nosso corpo começa a trabalhar para quebrar e metabolizar as toxinas do álcool que estão na nossa corrente sanguínea. "O corpo gasta energia nessa desintoxicação em vez de direcioná-la para processos como a reparação e o crescimento dos músculos", explica o fisiologista Jim White.

 

 

Além disso, o consumo de bebidas alcoólicas afina o sangue, mata células do cérebro, prejudica o sistema cardiovascular e interfere no sono, que é essencial para a recuperação do corpo após os exercícios.

 

Se ainda assim bater a vontade de relaxar tomando um drinque depois do exercício, espere ao menos uma hora, recomendam os especialistas. "A primeira hora após o exercício é o período mais crítico para a recuperação do corpo, então deve-se evitar completamente o consumo de álcool nessa janela e focar na reposição de eletrólitos, água e nutrientes", afirma John Mayer, psicólogo especializado no tratamento de abuso de álcool.

 

Na verdade, uma hora é o mínimo: o ideal é esperar seis horas antes de partir para o primeiro drinque. "Se você sabe que vai sair no sábado à noite, faça os exercícios até meio-dia", sugere White. A nutricionista esportiva Marie Spano concorda com ele. "Estudos mostram que o álcool pode impactar a síntese de proteínas, que é basicamente o processo que faz os músculos se regenerarem e crescerem. Então, quanto mais tempo longe do álcool, melhor."

 

Para não prejudicar a síntese das proteínas, o ideal é beber com moderação. Um estudo sobre o tema mostrou que ela não é suprimida quando ingerimos 28 g de álcool --a quantidade presente em duas cervejas. Nesse caso, beber uma cerveja com menor porcentagem de álcool é a melhor solução.


Compartilhe:

0 Comentários:

Comentário enviado
para aprovação