7 filmes que focam no diálogo entre as gerações

Conheça algumas histórias em que os mais jovens aprendem com os mais velhos e vice-versa

17/01/2020



Conversar com gente mais velha ou mais nova é um bom jeito de descobrir outro modo de ver a vida. E uma das maneiras mais gostosas de aprender com experiência diferentes é ver um filme. Por isso, em sua coluna no G1, a jornalista Mariza Tavares escolheu sete filmes que nos trazem esse diálogo entre gerações –descubra, a seguir, quais são eles.

 

"Star Wars - A Ascensão Skywalker"

 

Nesse capítulo da saga, a jovem Rey (Daisy Ridley) é treinada pela veterana princesa Leia (Carrie Fisher) para encarnar a força jedi. “A importância da relação entre gerações, para que os jovens absorvam a experiência dos mais velhos, é uma tônica dessas produções", escreve Mariza.

 

 

“Up”

Uma adorável animação em que Carl, um idoso ranzinza e recluso, decide escapar dos problemas voando com sua casa. A questão é que, sem querer, ele leva Russell, um escoteiro focado em realizar boas ações –e vai ter que conviver com o menino em suas aventuras. “Por trás das aventuras que enfrentarão juntos está o valor de uma amizade”, diz Mariza.

 

"Encontros e Desencontros"

 

Em um bar de hotel em Tóquio, um ator de meia idade (Bill Murray) e uma jovem (Scarlett Johansson) que está na cidade para acompanhar um marido que sempre a deixa sozinha começam a conversar e, ao compartilhar angústias, percebem que têm mais em comum do que esperavam. “A sintonia entre ambos vai tirá-los do entorpecimento”, aponta a jornalista.

 

“Gran Torino”

Neste filme, o diretor Clint Eastwood interpreta o papel principal: ele é Walt Kowalski, um veterano da Guerra da Coreia que se mostra rabugento e não esconde seu desgosto com mulheres e estrangeiros. Na história, ele começa uma improvável amizade com um adolescente asiático que é obrigado por uma gangue a roubar seu carro –e a partir daí se torna um modelo para o garoto.

 

“Perfume de mulher”

Al Pacino interpreta o papel do irascível tenente-coronel Frank Slade: cego e amargurado, ele passa um final de semana cheio de emoções na companhia de Charlie (Chris O’Donnell) e se transforma em uma espécie de mentor para ele –mas parece que não é o só o jovem que tem lições a aprender nesse curto período de convivência.

 

“Sociedade dos poetas mortos”

 

Conta a história de um educador apaixonado, o professor John Keating (Robin Williams), que confronta as normas conservadoras da escola onde ensina e estimula o pensamento crítico e a criatividade dos alunos. “Aqueles rapazes nunca mais serão os mesmos”, comenta Mariza.

 

“Visage Village”

 

O longa reúne a veterana cineasta francesa Agnès Varda e o fotógrafo e muralista JR. Juntos, eles viajam pelo interior da França, retratando os habitantes de cidadezinhas --e uma amizade vai sendo construída ao longo da jornada.


Compartilhe:

0 Comentários:

Comentário enviado
para aprovação