7 livros para conhecer a obra de Sérgio Sant’Anna

Você já leu algum dos contos mais famosos do autor, famoso por seu estilo arrojado de contar histórias?

18/09/2020



O carioca Sérgio Sant'Anna é considerado um dos maiores contistas da literatura brasileira — mas você sabia que ele também escreveu romances, uma premiada novela e até um texto para o teatro? O Globo relembra as principais obras do autor, ganhador de diversos prêmios Jabuti e falecido em maio de 2020.

 

“Confissões de Ralfo” (1975)

É o primeiro romance publicado pelo escritor: uma autobiografia imaginária na qual ele usa uma prosa propositalmente confusa para criar histórias inacreditáveis sobre Ralfo, o narrador.

 

 

“O concerto de João Gilberto no Rio de Janeiro” (1982)

Essa coletânea de contos ganhou um Prêmio Jabuti, e, segundo O Globo, “apresenta a escrita de Sant'Anna em seu esplendor”. Seu conto principal mistura música, literatura e teatro para tentar recriar a mística de ruído e silêncio que envolvia a figura do cantor, pioneiro da Bossa Nova.

 

“Amazona” (1986)

Outro romance vencedor do Prêmio Jabuti, conta a história de Dionísia, uma carioca que vira modelo de revista erótica e depois se transforma em uma personalidade política dos anos 1980.

 

“Um crime delicado” (1997)

Esse romance é narrado em primeira pessoa por um crítico de arte que se envolve com uma jovem misteriosa — uma história que mistura amor, trama policial e críticas ao universo da arte. Em 2005, o livro foi adaptado por Beto Brant para virar filme.

 

“O voo da madrugada” (2003)

O livro reúne 16 contos que exploram um mundo de reflexões e alucinações sobre a morte e o desejo, explorando os meandros sombrios da consciência.

 

“O livro de Praga” (2011)

O livro reúne sete contos que são "narrativas de amor e arte", como diz seu subtítulo. A história acompanha a viagem do personagem Antônio Fernandes à capital da República Tcheca e suas experiências marcantes por lá.

 

“O homem-mulher” (2014)

Último livro publicado por Sant'Anna, aos 72 anos, é uma coletânea de 19 contos sobre temas variados, como uma arrebatadora história de amor e nostalgia sobre um casal que divide uma casa na periferia de Belo Horizonte durante os anos 1970.


Compartilhe:

0 Comentários:

Comentário enviado
para aprovação