Como aplicar o método Marie Kondo às finanças pessoais

Dicas da mestre da arrumação podem ajudar na sua organização financeira

05/10/2020



Autora do livro “A mágica da arrumação” e estrela da série do Netflix “Ordem na casa com Marie Kondo”, a japonesa Marie Kondo desenvolveu um método de organização pessoal chamado KonMari. Segundo ele, a pessoa deve reunir todos os seus pertences e manter somente os que “despertem alegria”. Pois o site E-investidor, do Estadão, propôs uma aplicação desse método para a organização das finanças pessoais.

 

Confira como fazer.

Reúna seus gastos

Coloque tudo à sua frente, seja em uma planilha ou mesmo em uma folha de papel, todas as suas finanças: todas as receitas, gastos fixos, gastos esporádicos, empréstimos e financiamentos, até mesmo os gastos anuais, como 13º salário e compras de Natal.

 

Categorize

Na organização da casa, Marie Kondo recomenda dividir o trabalho por categorias, e não por cômodos. Aqui é a mesma coisa. Classifique suas despesas em obrigatórias e não obrigatórias. Depois, entre despesas fixas e variáveis. O aluguel, por exemplo, é uma despesa obrigatória e fixa, enquanto a conta de luz é obrigatória e variável.

 

Faça o orçamento do mês

Identifique os gastos mensais e, depois, planeje um orçamento mensal ideal, definindo o quanto gostaria de gastar em cada item variável.

 

Defina prioridades

Com as despesas categorizadas, fica mais fácil identificar o que pode ser reduzido. Em sua série, Marie Kondo fala sobre o “despertar da felicidade”: se um objeto não irradia felicidade para você, está na hora de se livrar dele. Isso vale também para as finanças. Essa lógica ajuda a refletir sobre sua relação com o consumo. Assim, o objetivo não é cortar todos os gastos tidos como “supérfluos”, mas equilibrar vida financeira e felicidade, gastando com coisas e experiências que tragam significado para a sua vida.

 

Sonhe com metas

Marie Kondo diz que imaginar qual seria a sua vida ideal esclarece seus objetivos antes da arrumação. Definir metas para as finanças também é necessário. Estipule suas metas de vida e categorize os objetivos por prazo e distribua uma quantia a ser poupada para cada uma delas, da próxima viagem, passando pela reserva de emergência e chegando à aposentadoria.


Compartilhe:

0 Comentários:

Comentário enviado
para aprovação