“Mindfulness é aprender a prestar atenção intencionalmente”

O instrutor de mindfulness Gil Sant’Anna mostra como essa prática reduz o estresse e pode beneficiar quem tem Alzheimer

12/11/2019



O que é mindfulness?

 

“Mindfulness é aprender a prestar atenção intencionalmente, de momento a momento, com curiosidade e compaixão. A compaixão é o não julgamento, é tentar só perceber as coisas que estão acontecendo. Esse aprender não acontece só na meditação, pode ser através da comida de outras atividades no dia a dia.”

 

 

 

 

 

Redução de estresse

 

“Eu pratico o Vipassana há quase 20 anos. Quando eu tinha dez anos, um tio me ensinou. É uma técnica que tem 2.500 anos de idade e vem sendo mantida por meio de retiros, como aqueles em que se fica dez dias sem falar. Nos anos 1970, um pesquisador mediu os níveis de estresse e bem-estar psicológico das pessoas que praticavam durante oito semanas e viu que seguir esse protocolo, fazer esse retiro, tinha um efeito duradouro por até um ano depois da prática.”

 

Tratamento de Alzheimer

 

“Um grupo da Espanha estudou o efeito da prática do mindfulness em quem tem Alzheimer, combinada com o tratamento com remédio. O estudo mostrou que em 6 meses a prática de mindfulness fez uma diferença significativa na parte cognitiva, e quem praticou teve, dois anos depois, uma capacidade cognitiva muito maior do que quem se tratou só com remédio. Outros trabalhos importantes analisaram o efeito do mindfulness para reduzir o burnout dos cuidadores.”

 

Dicas práticas

“O mindfulness não é uma prática religiosa, é uma técnica. Independe da sua religião. Não existe um fazer errado ou ‘não é para mim’. Quando você se distrai na meditação, não é errado. Meditação não é esvaziar a mente. O importante é ativar o máximo da sua atenção.”


Compartilhe:

0 Comentários:

Comentário enviado
para aprovação