O que podemos fazer para reduzir a poluição do ar

Ações individuais também ajudam a diminuir o impacto dos poluentes na saúde e no aquecimento global

05/06/2019



Nove em cada dez pessoas no mundo respiram um ar mais poluído do que recomendam os padrões da Organização Mundial da Saúde. Por causa disso, mais de 7 milhões sofrem uma morte prematura por ano, causada por problemas de coração, derrames, doença pulmonar obstrutiva crônica, câncer de pulmão, e infecções respiratórias agudas — que atingem especialmente as crianças.

 

O problema é tão grave, que a poluição do ar virou o tema principal do Dia Mundial do Meio Ambiente (5 de junho) em 2019. “A poluição atmosférica foi identificada como o problema de saúde mais importante da nossa era”, aponta a ONU Meio Ambiente. Segundo a organização, esse foco na qualidade do ar é uma proposta para fazer as pessoas refletirem mais sobre o que podem mudar em seu dia a dia, para reduzir os níveis atuais de poluição do ar.

 

Afinal, além de prejudicar a nossa saúde, a poluição do ar também contribui para o aquecimento global e prejudica a produtividade das plantações. O carbono negro, por exemplo, um dos grandes vilões da poluição, ao lado do dióxido de carbono, é um componente do material particulado que aquece a atmosfera por absorver a luz do sol. Já o metano é um precursor do ozônio, um dos gases que causam o efeito estufa. O acúmulo de poluentes prejudica até mesmo os oceanos, devido à redução do abastecimento de oxigênio para as águas.

 

Existem causas naturais de poluição do ar, como incêndios nas florestas ou tempestades de areia, mas o que mais polui a atmosfera é mesmo a ação humana. As maiores fontes de emissão de poluentes são os veículos que queimam combustíveis fósseis, a geração de energia por queima de óleo e carvão, as indústrias, a incineração de lixo e o aquecimento das casas (este mais comum em países frios).

 

Olhando para esse cenário, existem algumas atitudes que podemos tomar em nível individual para combater a poluição do ar. Andar menos de carro e de avião, economizar energia elétrica e destinar corretamente nosso lixo são algumas delas (conheça outras no quadro abaixo). “As soluções são conhecidas e podem ser implementadas. O mundo precisa agir agora”, declara a ONU Meio Ambiente.

 


Compartilhe:

0 Comentários:

Comentário enviado
para aprovação