8 músicas que falam sobre tempo, idade e envelhecer

Selecionamos oito faixas de artistas brasileiros que tratam o tempo e o passar dos anos em suas canções

13/12/2017



A idade, o passar do tempo e as experiências adquiridas ao longo da vida são temas constantes para músicas de artistas nacionais. Que tal conhecer algumas delas nessa seleção especial que fizemos aqui para o Viva a Longevidade?

 

Clique nos botões abaixo para ouvir as músicas. Elas estão disponíveis no Spotify, um serviço de streaming digital de músicas. É preciso se cadastrar na plataforma (gratuito para a reprodução de músicas).

20 e poucos anos, por Fábio Jr. e Raimundos

 Essa música foi lançada em 1980 e cantada por Fábio Jr. Anos depois, em 2000, ela foi regravada pela banda Raimundos, em um estilo bem diferente. Ao canal Bis, Fábio Jr. disse que a música foi uma maneira de explicar para a então mulher Teresa que ele não desistiria de seus planos. A letra é também um reflexo dos anseios de uma geração que está no início da vida adulta.

 

Ouça 20 e poucos anos, por Fábio Jr, no Spotify 

 

Ouça 20 e poucos anos, por Raimundos, no Spotify

 

Não vou me adaptar, por Titãs

A música de autoria de Arnaldo Antunes está presente no álbum Televisão (1984), dos Titãs. A letra mostra um homem que parece ter acabado de se dar conta de que estava envelhecendo, como se fosse algo que acontecesse de um dia para o outro. Transmite também os medos e as inseguranças de quem percebe que os anos estão passando.

 

Ouça Não vou me adaptar, por Titãs, no Spotify

 

Envelhecer, por Arnaldo Antunes

Outra música de Arnaldo Antunes sobre o tema, desta vez com um olhar mais positivo. Ela faz parte do disco Iê iê iê (2009). A canção exalta o prazer de viver, a resiliência e a naturalidade do processo de envelhecimento do corpo e da mente. No disco Ao vivo lá em casa, Arnaldo Antunes dedica a música para todos que enfrentam o medo de envelhecer.

 

Ouça Envelhecer, por Arnaldo Antunes, no Spotify

 

Envelhecer é uma arte, por Adoniran Barbosa

Adoniran Barbosa, o pai do samba paulista, lançou em 1976 (quando tinha 66 anos) um samba para levantar o moral daqueles que já eram considerados velhos pela sociedade e que começam a ganhar apelidos por conta da idade. É mais uma música que mostra que não há motivos para ficar triste por não ser mais jovem.

 

Ouça a música Envelhecer é uma arte, por Adoniran Barbosa, no Spotify

 

É preciso saber viver, por Roberto Carlos

A música de Roberto Carlos e Erasmo Carlos apareceu no disco Roberto Carlos (1974). Em 1998, ela voltou às rádios com a gravação feita pela banda Titãs. A letra fala sobre as escolhas que fazemos no presente e que irão influenciar nosso futuro e a importância da resiliência para superar os desafios da vida.

 

 

Ouça É preciso saber viver, por Roberto Carlos, no Spotify

 

Ouça É preciso saber viver, por Titãs, no Spotify

 

Tempos Modernos, por Lulu Santos

A música de Lulu Santos tem mais de 30 anos de idade. Foi lançada em 1982 no álbum de mesmo nome. A letra em si não fala sobre o passar dos anos, mas traz uma mensagem importante em seu refrão quando pensamos em nossas ações em relação ao tempo: não há como voltar atrás e mudar situações passadas, mas sempre há tempo para construir um novo caminho.

 

Ouça Tempos Modernos, por Lulu Santos, no Spotify

 

Realidade, por Fundo de Quintal

O grupo de samba Fundo de Quintal gravou essa música no álbum Seja sambista também (1985). A letra encara o envelhecimento como algo natural e que a vida não acaba quando a pele começar a enrugar.

 

Ouça Realidade, por Fundo de Quintal, no Spotify

 

Tempo perdido, por Legião Urbana

A música faz parte do disco Dois (1985) de uma das bandas mais marcantes do rock nacional da década de 1980. Renato Russo traz na sua letra reflexões sobre o tempo. A música fala sobre o passado que não se recupera (mas que serve de bagagem para a vida), sobre o futuro que é incerto e também que sempre há tempo para mudar.

 

Ouça Tempo perdido, por Legião Urbana, no Spotify

 


Compartilhe:

2 Comentários:

Comentário enviado
para aprovação

Comentários recentes:

Marylia Santana

28 de novembro de 2018

Eu amei a versão de Tempos Modernos na voz do Jota Quest!