Saiba quais são os benefícios da relação entre avós e netos

Carinho, cuidado e admiração fazem bem para a alma e a saúde de crianças e idosos

24/07/2020



Em julho, comemora-se o Dia dos Avós (no dia 26, marque aí na sua agenda). Você já prestou atenção em como netos e avós se relacionam?

 

Se você teve a sorte de conhecer os seus avós, deve se lembrar bem. É uma mistura de carinho, cuidado, admiração e diversão que fazem bem para alma e para a saúde.

 

 

A relação entre avós e netos é a materialização do conceito de intergeracionalidade, em que cada representante de uma geração dá e recebe algo.

 

O site Catraca Livre listou uma série de benefícios para as duas pontas dessa relação, baseada em uma publicação do blog Mamãe Plugada. “O contato constante com os avós tem efeito positivo na vida das crianças devido ao amor, apoio e ensinamentos que somente os mais velhos podem oferecer para os pequenos da família”, diz um trecho do texto.

 

E na outra ponta, qual o benefício? Segundo a publicação, avós que estão mais envolvidos na vida dos netos — ou seja, que dão suporte emocional e funcional — demonstram ter mais saúde psicológica e menos depressão do que aqueles “mais distantes”. O motivo? Essa entrega traz aos mais velhos “uma sensação de significado, identidade e finalidade.”

 

Benefícios dos avós aos netos

 

Segundo o estudo Solidarity in the Grandparent–Adult Grandchild Relationship and Trajectories of Depressive Symptoms, publicado em 2014, crianças com um laço forte de ligação com os avós são mais bondosas, generosas e com menores taxas de ansiedade e depressão no futuro. O envolvimento mais próximo também aumenta o desempenho escolar, a autoestima, a inteligência emocional e a capacidade de fazer ou manter amigos.

 

O blog Mamãe Plugada também cita outro estudo, que mostra outros benefícios dessa relação, como a valorização da intergeracionalidade, mentoria identidade familiar e consciência financeira.

 

Benefício dos netos aos avós

 

Assim como toda relação baseada em trocas, os netos também têm muito o que oferecer para os seus queridos avós. Como já citamos aqui, o apoio emocional e funcional no desenvolvimento de uma criança confere uma melhor saúde psicológica e menor depressão (em relação aqueles que não têm tanta participação).

 

Outros estudos apontam ainda melhora no bem-estar dos avôs com presença ativa na vida dos netos e risco reduzido de Alzheimer e outros distúrbios cognitivos nas avós que cuidam das crianças.


Compartilhe:

0 Comentários:

Comentário enviado
para aprovação