Novo exame de sangue pode ajudar a detectar 8 tipos de câncer

Pesquisadores desenvolvem ‘biópsia líquida’ para facilitar o diagnóstico de tumores que quase não têm sintomas antes que eles avancem

19/01/2018



A descoberta precoce de um tumor, como se sabe, é crucial para o sucesso do tratamento. Por enquanto não é tão simples detectá-los, mas, nos próximos anos este diagnóstico antecipado pode estar ao alcance de um exame de sangue. 

 

Pesquisadores acabam de publicar na revista Science os primeiros resultados dos testes de um novo tipo de exame de sangue, capaz de detectar oito tipos de câncer muito comuns antes que eles avancem.

 

A novidade, chamada de biópsia líquida (o nome oficial é CancerSEEK), está sendo desenvolvida na Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, informa o jornal Diário de Pernambuco. Nos primeiros testes, o exame detectou tumores em 70% dos casos quando aplicado a pessoas que têm câncer em estado inicial.

 

Quais tipos de câncer são detectados?

 

A inovação é que esse exame procura mutações no DNA de células que estão morrendo e são lançadas no sangue, além de biomarcadores associados a tumores do intestino, de mama, de fígado, de pulmão, de ovário, de estômago, de pâncreas e esôfago.

 

“Pela primeira vez vemos potencial para um exame de sangue detectar muitos tipos de câncer que, até agora, dependem do aparecimento de sintomas e, por isso, são diagnosticados muito tarde”, avalia o professor Peter Gibbs, do Walter e Eliza Institute (Austrália), que trabalhou na pesquisa.

 

Por enquanto, o teste se mostrou muito eficiente para detectar cânceres como o do pâncreas, que demonstra raros sintomas, que em geral aparecem quando a doença está em um estágio muito avançado – e quase fatal. Agora, o exame está sendo testado em 10 mil pessoas, e a expectativa é a de que chegue ao mercado nos próximos anos.


Compartilhe:

0 Comentários:

Comentário enviado
para aprovação