Roupa tecnológica quer melhorar a mobilidade dos idosos

Veste especial tem músculos elétricos que ajudam a superar os efeitos da perda de massa muscular

24/10/2018



Uma roupa especial, que estimula a força muscular, poderá em breve nos ajudar a superar um dos principais desafios do envelhecimento: a redução da mobilidade. Essa tecnologia vestível pode ser uma boa opção aos tradicionais andadores e bengalas, informa a BBC Brasil.

 

Esse traje energizado foi desenvolvido pela empresa Seismic, que planeja lançar o produto no final do ano nos Estados Unidos, no Japão e no Reino Unido. O que ele tem de diferente são "músculos elétricos" na altura das articulações, que funcionam como nossos tendões.

 

 

Ele funciona assim: um computador e os sensores integrados ao traje rastreiam o movimento do corpo e informa quando é preciso ativar o músculo elétrico que, por sua vez, é estimulado por pequenos motores que fazem contrações semelhantes às do nosso corpo.

 

Todos esses componentes --motores, bateria e um painel de controle-- são incorporados à veste na forma de pequenos hexágonos que ficam na parte inferior da roupa, e foram projetados assim para oferecer mais conforto ao usuário.

 

A redução da força muscular faz parte do nosso envelhecimento e afeta a todos, especialmente depois dos 60 anos, quando começamos a perder 0,5% dessa capacidade a cada ano --aos 80, perdemos 4% a cada ano. Mas a roupa energizada pode ajudar também as pessoas em outras situações, como após um derrame ou no caso de sofrer uma distrofia muscular, que causa fraqueza e perda de massa nos músculos.


Compartilhe:

0 Comentários:

Comentário enviado
para aprovação