Robson Caetano - Alongamento e flexibilidade são a mesma coisa?

Alongamento e flexibilidade são a mesma coisa?

Pode até parecer que sim, mas essas duas preparações têm efeitos diferentes nos nossos músculos

26/04/2019 - por Robson Caetano



Oi! Olá! Como vocês estão?

 

Quem gosta de correr já deve ter se perguntado se alongar os músculos é uma boa ideia antes de fazer esse tipo de exercício, que pede uma contração muscular rápida.

 

Antes de responder, quero explicar uma coisa importante: a diferença entre alongamento e flexibilidade. O alongamento dá ao músculo condições de realizar movimentos repetidos sem estressar. Já a flexibilidade estressa o músculo e as articulações, e por isso mesmo permite que eles depois descansem.

 

 

Dito isso, o meu conselho é que os corredores sempre façam alongamento antes de cada treino, porque a flexibilidade estressa demais o músculo, o que pode causar desconforto ao fazer movimentos repetitivos e contínuos.

 

Ter articulações flexíveis dá às inserções musculares uma maior amplitude de movimento, com direção uniforme. Ou seja, ao estender a articulação na direção correta, temos mais conforto para realizar os movimentos mais elementares, como andar, trotar e até fazer corridinhas em tiros curtos com pouca repetição, por conta do estresse que esse músculo sofre na flexibilidade.



O alongamento dá ao músculo condições de realizar movimentos repetidos sem estressar. Já a flexibilidade estressa o músculo e as articulações.

Para esclarecer, vamos a um exemplo prático. Os atletas da ginástica olímpica fazem muito trabalho de flexibilidade para que o movimento de suas articulações seja o mais natural possível. Já os atletas de outros esportes ficam no campo do alongamento, pois precisam fazer, em pouco tempo, movimentos mais dinâmicos, sem tanta extensão, pois o tempo de contração muscular é mais intenso a cada microssegundo.

 

 

Nesse caso, o alongamento facilita o movimento do atleta. Ele funciona como uma lubrificação muscular, deixando o músculo mais pronto e aquecido para o trabalho de explosão.

 

Aí você deve estar se perguntando: 



Se o alongamento é bom, a flexibilidade não seria melhor?

Sim, você tem toda a razão. Por isso, dou aqui esta dica: faça alongamento antes de qualquer atividade muscular intensa. Ele melhora a capacidade muscular de realizar repetições contínuas, ajuda na irrigação sanguínea das extremidades (deixando-as prontas para a atividade) e faz com que o tempo de reação ao estímulo nervoso seja captado com muita rapidez.

 

E não se esqueça da flexibilidade para que, no trabalho de desaquecimento muscular, os músculos e as articulações se preparem para o descanso e o relaxamento necessários para a próxima sessão de treinos. Os benefícios são muitos, como o aumento da elasticidade muscular e o relaxamento (apesar do estresse da realização dos movimentos de flexibilidade), além de fazer com que as articulações sofram menos na próxima atividade física, prevenindo lesões.  

 

Como estamos aprendendo juntos, eu gostaria de saber de vocês: para você, o que seria melhor para o corredor de meia e longa distância: trabalhar a flexibilidade ou o alongamento – ou seja, estressar ou aquecer o músculo? Deixe o seu comentário abaixo, para a gente fazer essa troca bacana de ideias.

0 Perguntas:

Pergunta enviada
para aprovação


Compartilhe: