O que é treinamento funcional e por que ele faz bem

Rotina de exercícios físicos ajuda a melhorar a performance no esporte de que você mais gosta

05/04/2019 - por Robson Caetano



O treinamento funcional nada mais é que um coaching na atividade física. Ele serve para potencializar o que você já faz, para aprimorar a sua performance no esporte que você mais gosta de fazer.

 

São treinamentos que buscam melhorar o seu desempenho, usando como base os movimentos naturais das pessoas (saltar, agachar e correr, por exemplo). Esse tipo de treino eleva a qualidade dos movimentos, fortalece a musculatura e coloca a coordenação motora em dia.

 

 

Com alguns dos meus alunos, eu tenho dado o treinamento funcional de corrida para ajudar a otimizar a passada da turma que quer melhorar a performance nas provas de corrida de rua. Ele funciona basicamente em três etapas:

 

  • A primeira é uma fase de análise de característica de corrida, para que eu conheça o estilo de corrida daquele aluno.
  • Depois vem o trabalho de coordenação motora fina, que desenvolve uma técnica mais apurada na corrida.
  • Aí entra o trabalho de aceleração, em que as correções (como a posição dos ombros e do tronco) são feitas já em situação de corrida.

Esse trabalho, como eu disse, é específico para melhorar a passada, otimizando-a e fazendo com que o aluno ganhe centímetros em cada passada (que no fim se transformam em alguns metros na corrida total). 

Quais são os benefícios do funcional?

Se você está em dúvida se vale a pena fazer um treino funcional para colocá-lo em um outro nível de performance, eu apresento cinco bons motivos:

 

Habilidade mais apurada

O treinamento aumenta a capacidade de realizar os movimentos de corrida de maneira mais adequada e espontânea, “liberando espaço” para que o cérebro se concentre mais.

 

Faz com que você economize energia

Quem aprende a correr de maneira correta não cansa o corpo, por não ficar todo momento tentando corrigir a postura ou a pisada.

 

Aumenta a sua capacidade de entendimento dentro da prova

Por quê? Porque com o controle do seu corpo, do seu estilo de corrida, você não ultrapassa nenhum limite.

 

Diminui a possibilidade de uma lesão muito séria

No treinamento funcional, você aprende como o seu corpo funciona e por isso não o coloca em situação de risco (como uma lesão)

 

Dá um upgrade na movimentação

A coordenação motora melhora, e a máquina (o seu corpo) deixar de ser inexperiente e passa a somar conhecimentos que levam você a um outro nível de corrida.

 

Eu sei que tem muita gente que é fã da corrida e que lê os meus textos. Vocês se lembram do vídeo de exercício de coordenação motora fina? Para quem não lembra, é só apertar o play no vídeo abaixo.

Esses três exercícios são ótimos para ajudar a melhorar a dinâmica da sua corrida. O skipping alto (joelho alto) vai melhorar a amplitude da passada. O anfersen (calcanhar no bumbum) fará com que você flexione a perna com mais eficiência. E, por fim, o driblling (corrida curtinha) vai dar a consciência necessária para que você varie a velocidade dentro da prova.

 

Converse com o seu professor de corrida (vai me dizer que você ainda não tem um?), para que ele ajude a melhorar o seu desempenho. E seja disciplinado. Você vai voar!

0 Perguntas:

Pergunta enviada
para aprovação


Compartilhe: